Lençóis Paulista, 16 de Agosto de 2017
Você esta em: Home / Notícias / Trabalho intensificado pela diretoria de Assistência tira pessoas das ruas em Lençóis
11/08/2017 11h17

Trabalho intensificado pela diretoria de Assistência tira pessoas das ruas em Lençóis

Equipe faz abordagem, encaminha para instituições e fortalece vínculos familiares

Desde o mês de julho, quando a diretoria de Assistência e Promoção Social foi assumida pelo sociólogo Ney Góes, foi intensificado o trabalho realizado junto à população em situação de rua de Lençóis Paulista, o que ocasionou neste período que oito pessoas deixassem esta condição. O trabalho tem sido desenvolvido pela equipe do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), formada pelas assistentes sociais Lisa e Darlene e o psicólogo Anderson.

Após o trabalho de abordagem e negociação, dependendo das peculiaridades de cada caso, as pessoas foram encaminhadas para instituições ou para suas famílias, através do processo de fortalecimento de vínculos, que é uma das atribuições do CREAS, segundo explicou o diretor. “Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, os resultados têm sido positivos”.

De acordo com dados da diretoria, oito moradores em situação de rua foram atendidos e encaminhados para a Casa do Oleiro, Casa de Apoio Projeto Esperança (CAPE), Cristolândia (São Paulo) e Comunidade Bom Pastor (Bauru). Outras pessoas voltaram para a residência de familiares em Lençóis, Bauru, Sorocaba e Curitiba.

O diretor ressaltou que, embora a iniciativa tenha tido sucesso, existem dificuldades para encaminhar quem queira sair das ruas para instituições de acolhimento, pois elas precisam estar de acordo com a Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais para poderem prestar este serviço e ser subvencionadas ou receber auxílio financeiro do município. “É preciso que a instituição esteja inscrita no Conselho de Assistência Social. Para isso é necessário que preencha determinados requisitos e se enquadre dentro de uma das modalidades tipificadas. Dentro desses critérios, Lençóis Paulista conta apenas com a CAPE, que oferece 10 vagas para acolhimento de pessoas em processo de saída das ruas, na modalidade República, conforme a referida Tipificação, entretanto, todas as vagas estão preenchidas. Um outro obstáculo, são aquelas pessoas que não querem sair das ruas e que se recusam a receber qualquer tipo de orientação ou atendimento”, comentou Ney.

No caso de recusa por parte das pessoas nesta situação, o diretor ressalta ainda mais o trabalho dos profissionais do CREAS. “A equipe vem realizando com competência o seu trabalho, que exige dedicação e persistência, pois o processo de abordagem e acolhimento de um único morador em situação de rua demanda de dois a três dias de ações. Portanto, a diretoria vem tomando as medidas necessárias, buscando soluções próprias ou através de parceiros comprometidos com a situação da população em situação de rua, no sentido de encaminhar essas pessoas para instituições de acolhimento ou tratamento, quando o caso requer um processo de desintoxicação por Substância Psicoativas”, concluiu.

 

Comentários

 

notícias relacionadas

Tags: trabalho, intensificado, pela, diretoria, assistência, tira, pessoas, ruas, lençóis.

newsletter

2014 © Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista
Praça das Palmeiras, 55 - Centro: 18.682-900
CNPJ: 46.200.846/0001-76
Telefone: (14) 3269-7000

voltar ao topo