Lençóis Paulista, 16 de Dezembro de 2018
Você esta em: Home / Notícias / Cerimônia marca cessão de imóvel que vai abrigar Programa Acolhe Mais Mãe da Piedade
16/02/2018 10h30

Cerimônia marca cessão de imóvel que vai abrigar Programa Acolhe Mais Mãe da Piedade

Cerimônia de cessão de imóvel onde vai funcionar o programa Acolhe Mais Mãe da Piedade

Na manhã desta quinta-feira (15) aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura de Lençóis Paulista a assinatura do convênio entre o Governo Municipal e o Santuário Nossa Senhora da Piedade, que está cedendo o prédio onde funcionou a Casa Mãe Piedade para o funcionamento do programa Acolhe Mais Mãe da Piedade, que vai se destinar a reinserção dos moradores em situação de rua de Lençóis Paulista. Pelo contrato assinado a Igreja Católica isenta por 20 anos a Prefeitura de pagar aluguel do imóvel.

Participaram do evento o prefeito Anderson Prado, o pároco do Santuário Nossa Senhora da Piedade, monsenhor Carlos José de Oliveira, a vice-prefeita, Cíntia Duarte, o presidente da Câmara Municipal, Manoel dos Santos Silva, o Manezinho, o diretor de Assistência Social, Ney Góes, o diretor de Cultura e presidente do Rotary Club, Marcelo Maganha, Bel Lini, presidente do Rotary Club Cidade do Livro, Alexandro Ribeiro Massarico, vice-presidente do Lions Clube, além de membros do Conselho Paroquial do Santuário Nossa Senhora da Piedade.

“Nós estamos aqui hoje para celebrar o abraço caridoso da comunidade católica, especialmente a do Santuário Nossa Senhora da Piedade, representada aqui pelo monsenhor Carlos, ao projeto Acolhe Mais que pretende resolver o problema dos moradores em situação de rua de nossa cidade. Hoje aqui nós estamos celebrando a cessão do prédio que funcionava a Casa Mãe Piedade e que funcionará o Projeto Acolhe Mais Mãe da Piedade. Esse é mais um elo importante, porque a Igreja Católica está isentando por 20 anos a Prefeitura de pagar aluguel pelo local que já funcionou como abrigo e que agora receberá esse novo projeto que vai envolver toda nossa sociedade. Um projeto que visa reinserir esse morador em situação de rua em nossa sociedade”, declarou Prado.

O monsenhor parabenizou a todos os envolvidos pelo projeto, e disse que o imóvel voltará para a finalidade com que foi criado. Ele lembrou que a Casa Mãe Piedade iniciou seu funcionamento em novembro de 2002 e permaneceu aberta até 2013, oferecendo pouso e três refeições diárias aos moradores em situação de rua naquela época. Segundo o monsenhor Carlos José de Oliveira, nesse período o projeto atendeu 247.601 pessoas.

“Esse espaço funcionou por longos 11 anos, sob a coordenação da paróquia, até que em 2013 vimos que não mais possível apenas a Igreja Católica levar à frente um projeto que envolve muitos, como podemos perceber hoje, envolve várias diretorias, são necessárias muitas parcerias. Para nós, Santuário Nossa Senhora da Piedade, para nós, Igreja Católica de Lençóis Paulista esta é mais uma etapa, e uma etapa que cremos, desejamos e temos certeza em Deus que será muito feliz. Estamos oferecendo esse espaço que foi construído em terreno doado por uma família lençoense, e que o imóvel foi erguido através do dízimo e doações de nossos fiéis, colaboradores e empresários e que agora volta a sua finalidade inicial que é acolher os irmãos e irmãs que passam por essa grande dificuldade”, declarou o monsenhor Carlos.

O sociólogo e diretor de Assistência Social, Ney Góes, afirmou que o Acolhe Mais será um serviço complementar ao de abordagem que já é feito hoje. “A pessoa não vai simplesmente passar por lá tomar um banho, comer e passar a noite. Nós teremos uma série de atividades complementares que envolverão diversas diretorias como Meio Ambiente, Cultura, Saúde, Educação entre outras. Serão desenvolvidos planos individuais de atendimento para cada um desses indivíduos, numa tentativa de resgatar essas pessoas para que elas possam ser reinseridas social e culturalmente”, explicou.

“É a maior alegria minha, como presidente da Câmara, estar participando desse momento que é o nascimento do projeto Acolhe Mais Mãe da Piedade e queria dizer que o Poder Legislativo está a disposição para ajudar com o que for precisa, seja nas conversas com esses empresários para doação de materiais ou no contato com deputados, para direcionar emendas para o local”, declarou o presidente da Câmara Municipal, Manoel dos Santos Silva, o Manezinho.

Prado também destacou a importância da vice-prefeita e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cíntia Duarte, que também está envolvida com a implantação desse programa. “Fico feliz de ver que, depois de muitas reuniões, estamos chegando a esse momento. Seguindo no que o monsenhor disse, acho que não existe nome mais apropriado para o Acolhe Mais do que o nome Mãe da Piedade, porque mãe é aquela que acolhe, aquela que passa os ensinamentos, mas mãe também, muitas vezes, é aquela que aponta o nosso defeito, nos ajuda a corrigir e, quando nós acertamos, é a primeira a nos aplaudir e dar uma abraço. E tenho certeza que esse programa será essa mãe para essas pessoas”, declarou Cíntia.

 

Comentários

 

notícias relacionadas

Tags: cerimônia, marca, cessão, imóvel, abrigar, programa, acolhe, mais, mãe, piedade.

newsletter

2014 © Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista
Praça das Palmeiras, 55 - Centro: 18.682-900
CNPJ: 46.200.846/0001-76
Telefone: (14) 3269-7000

voltar ao topo