Lençóis Paulista, 16 de Fevereiro de 2019
Você esta em: Home / Notícias / Lençóis Paulista realiza 1ª Reunião de Sala de Arbovirose
05/02/2019 09h34

Lençóis Paulista realiza 1ª Reunião de Sala de Arbovirose

Adriana Santana (GVE), Alice Batista (DRS VI), Ricardo Conti Barbero (diretor de Saúde) e Sandra Correa (NEEGS)

No dia 31 de janeiro, quinta-feira, às 8h30, aconteceu a 1ª reunião de Sala de Arbovirose do Município de Lençóis Paulista. A reunião reuniu membros de diversas secretarias, UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e Diretoria Regional de Saúde de Bauru, com o objetivo de planejar e executar ações no combate às arboviroses, doenças causadas por arbovírus, que incluem o vírus da dengue, zika vírus, febre chikungunya e febre amarela.

Durante a reunião foi apresentado o Plano de Contingência de Arbovirose do município para 2019-2020, com o objetivo de impedir a proliferação do mosquito Aedes aegypti, consequentemente o aumento de casos de dengue e introdução do zica vírus, febre chikungunya e febre amarela. Além disso, o PCA prevê ações específicas para casos de epidemia e ações emergenciais a serem aplicadas para reduzir a morbimortalidade por essas doenças.

“O combate às arboviroses, como é o caso da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, só é possível através de um trabalho coordenado entre as várias secretarias da Prefeitura, como Saúde, Meio Ambiente, Obras, Educação entre outras, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e também a Diretoria Regional da Saúde. Afinal, a Secretaria de Saúde está mais diretamente envolvida nessas ações, mas todos têm contribuições a dar no combate ao Aedes aegypti. Claro que, todo esse trabalho não adianta nada se não houver a participação e colaboração da população nessa que é uma luta de todos”, disse o secretário de Saúde, Ricardo Conti.

Além do secretário de Saúde, a reunião contou com a presença de Sandra Ester Alves Correa, enfermeira responsável pelo Núcleo Estrategio de Educação e Gerenciamento de Dados de Saúde, Adriana Aparecida Santana, enfermeira responsável pelo Grupo de Vigilância Epidemiológica, Paulo Henrique Campanholi, coordenador do Grupo de Vigilância Sanitária, Murilo Santiago de Freitas Picarelli, Gestão e Administração, Marcelo Martins Oliva e Fábio José Esguícero, da Secretaria de Meio Ambiente, Rosalina Souza Ferreira, da Secretaria de Educação; Licínio Offerni Neto, secretário de Obras e Infraestrutura, Lázara Aparecida Ferreira de Souza Fernandes, representando a UPA, e Ana Alice Batista, Diretoria Regional de Saúde de Bauru (DRS VI).

A Sala de Arboviroses terá as seguintes atribuições: monitorar dados epidemiológicos e de controle vetorial, organizar ações de prevenção de acordo com o cenário de risco, qualificar as ações de assistência, monitorar a circulação viral, manter o fluxo de atendimento nos casos suspeitos, reduzir o índice de infestação pelo Aedes aegypti, detectar precocemente os casos de dengue como forma de prevenção e controle da doença, evitar a letalidade (óbitos) pelas formas graves, e garantir assistência médica de qualidade a todos os pacientes com suspeita de dengue.

Em 2018, o município teve 17 notificações de dengue, sendo 4 positivos: 2 importados e 2 autóctones (quando a doença é contraída dentro do município); havendo uma redução de 88% nas notificações, e uma redução de 90% nos casos positivos em relação a 2016.

Lençóis Paulista está em Estado de Alerta devido a uma epidemia de dengue nas cidades vizinhas como Bauru e Agudos neste início de ano. O Ministério da Saúde solicita que todos os municípios realizem a ADL (Avaliação de Densidade Larvária) quatro vezes ao ano. Assim, será iniciada esta atividade na cidade com os Agentes Comunitários de Saúde em 4 de fevereiro, com término (fase de coleta) no dia 6 de fevereiro.

 

Comentários

 

notícias relacionadas

Tags: lençóis, paulista, realiza, reunião, sala, arbovirose.

    newsletter

    2014 © Prefeitura Municipal de Lençóis Paulista
    Praça das Palmeiras, 55 - Centro: 18.682-900
    CNPJ: 46.200.846/0001-76
    Telefone: (14) 3269-7000

    voltar ao topo